Buenos Aires - História
Type the Verification Code below
Amauta Capcha
Refresh code
Spanish Classes Online

Study Spanish with a Private Tutor Online

More Info

 

Buenos Aires - História

Buenos Aires - História

Origem do nome "Buenos Aires"

Buenos Aires é a capital, bem como a maior cidade da Argentina. A costa sul da capital situa-se no Rio de la Plata, localizado ao longo da costa sudeste da América do Sul. Originalmente o nome "Buenos Aires" veio do santuário de "Nostra Signora di Bonaria", que significa "Nossa Senhora do Bom Ar", ou também "de Virgine Bonaria" em espanhol. O santuário que a cidade tem o nome é encontrado em Cagliari, na Sardenha. Devido a separação da província de Buenos Aires, os argentinos geralmente se referem a Buenos Aires (a cidade) como Capital Federal para fazer a distinção clara da cidade e da província. Na Constituição da Argentina, a cidade é conhecida como la Ciudad Autónoma de Buenos Aires.

Buenos Aires História

Buenos Aires História: Reserva Ecológica Costanera SurBuenos Aires História: Reserva Ecológica Costanera Sur

Ele cidade foi descoberta quando Juan Dias de Sóis de Portugal estava navegando em nome da Espanha. Ele foi o primeiro europeu a chegar ao Rio de la Plata, em 1516. Sua expedição foi interrompida quando ele foi morto pela tribo Charrua, uma tribo nativa onde hoje esta localizado o Uruguai.

A cidade foi estabelecido como Ciudad de Nuestra Señora Santa Maria del Buen Ayre, em português, Cidade de Nossa Senhora Santa Maria dos Ventos. Devido aos ataques dos povos indígenas, os colonos foram forçados a deixarem a região e em 1541 o local foi completamente abandonado.

O segundo assentamento foi criado em 1580 por Juan de Garay. Por causa da localização da cidade ao longo do rio que favorecia o comércio. A Espanha estava ciente do auge que poderia alcançar e insistiu no século XVII e XVIII que toda a atividades comercial da Argentina para a Europa iria passar por Lima, no Peru. Os impostos poderiam ser recolhidos, este esquema deixou ainda mais frustrado os comerciantes locais de Buenos Aires, que em seguida, criaram uma indústria de contrabando. Mais tarde, Carlos III da Espanha aliviou as restrições comerciais e declarou que Buenos Aires seria uma porta aberta ao comércio com a Europa, no final dos anos de 1700.

De 1806-1807 correram invasões inglesas pelo Rio de la Plata, mas essas invasões foram controladas por milícias locais. Em 25 maio de 1810, enquanto a Espanha combatia na Guerra Peninsular-criollo, cidadãos de Buenos Aires derrubaram do poder o vice-rei espanhol e instituíram um governo provincial. A independência formal foi declarada em 25 de maio de 1816.

Atualmente Buenos Aires é o centro principal da Argentina para as idéias liberais de livre comércio e enquanto muitas províncias do noroeste são mais conservadoras. Devido a esses pontos de vista contrastantes entre centralista e federalistas, conflitos violentos surgiram durante o século XIX em todas as províncias.

Durante esse período a cidade sofreu com bloqueios navais em duas ocasiões diferentes, a partir de 1830 a 1840, o início de uma articulação de bloqueio anglo-frances. Ao longo desse século o status político de Buenos Aires permaneceu um assunto sensível, devido a separação da cidade de Buenos Aires, da Província de Buenos Aires entre 1853 e 1860, não sendo esta questão bem resolvida até 1880, quando a cidade foi federalizada e finalmente, tornou-se a sede do governo, com seu prefeito nomeado para cargo de presidente. A Casa Rosada tornou-se a sede oficial do gabinete do presidente.

O início da construção da ferrovia em todo o país também foi neste período, principalmente na segunda metade do século. Esta construção veio junto com os poderes econômicos de Buenos Aires, conseqüente do fluxo de matérias-primas em suas fábricas. A cidade tornou-se uma multicultural.

O Teatro Colón, se tornou um dos melhores locais do mundo, junto com a grande arquitetura do teatro, alguns dos edifícios mais altos da América do Sul foram construídos em Buenos Aires no início de século XX, bem como a rede de metrô.

Devido as diversidade das características culturais e arquitetônicas para a época, a cidade era um destino privilegiado para os imigrantes da Europa, principalmente nos anos 1920. Devido ao grande afluxo de imigrantes, inúmeras favelas começaram a crescer em torno das áreas industriais da cidade, o que ocasionou o aumento dos problemas sociais e da pobreza, um grande contraste com as riquezas predominantes do país.

A luta entre os movimentos revolucionários de esquerda e de direita, o Tiple, um grupo paramilitar, apoiado por Evita Perón, se fortaleceu. Perón era esposa do presidente Juan Perón, e mais tarde tornou-se presidente após a morte de seu marido.

O golpe militar de 1976 aumentou o conflito e inevitavelmente culminou na "Guerra Suja". Até o final da Guerra Suja 30.000 mil pessoas desapareceram, foram seqüestrado e mortas pelos militares. Em protesto a essa guerra, marchas silenciosas de mães dos desaparecidos tornou-se um símbolo da luta contra a impunidade, essas mães foram denominadas como as Mães da Praça de Maio.

Bairros

Buenos Aires foi dividida em 48 bairros originais-bairros para fins administrativos. Originalmente as divisões foram baseadas em paróquias católicas, mas desde as mudanças durante o ano de 1940, uma série transformações drasticamente reorganizou a estrutura da cidade que atualmente está dividida em 15 comunas.

Até 2001 12,4 milhões de pessoas viviam em zonas residenciais de Buenos Aires, a cidade mais populosa da Argentina. 88,9% da população é formada por brancos, (europeia), 2% é Africano-americanos, 7% de nativo americanos, e de 2,1% de asiáticos.

Cultura

A cidade é fortemente influenciada pela cultura européia e por isso é conhecida como "Paris da América do Sul". O Teatro Colón, é um dos maiores do mundo. Há árias orquestras sinfônicas e corais locais. Além disso, há também na cidade vários museus de artes plásticas, modernas, decorativas, populares e de artes sacras, também de música e outros teatros bem como, casas bem preservadas de escritores e artistas famosos podem ser encontrados. As bibliotecas também são muitas, há parques e o jardim botânico mundialmente conhecido.

Idioma: Espanhol

Rioplatenese Espanhol: San TelmoRioplatenese espanhol: San Telmo

A linguagem encontrada predominantemente em Buenos Aires é conhecida como Rioplatenese espanhol. Seu som distinto é caracterizado pela perda da sílaba-s. Os dialetos da Andaluzia e Múrcia influenciaram a evolução da língua espanhola em Buenos Aires. Um estudo foi realizado em relação ao dialeto, os resultados mostraram que o sotaque portenho é o mais próximo do dialeto napolitano da Itália.

No início do século XX, muitos imigrantes provenientes da Europa, principalmente italianos, que falavam principalmente seus dialetos locais, da região napolitana, siciliana, e de Gênova chegaram à Argentina. A adoção de espanhol para esses imigrantes foi gradual, criando uma grande variedade de dialetos italianos e espanhóis, conhecidos como cocoliche.

Muitos imigrantes espanhóis da região da Galiza chegaram a Buenos Aires, a língua, a cultura e a gastronomia foi influenciada pela imigração. O Iídiche também era comumente ouvido em toda Buenos Aires, especialmente na zona de moda e Balvanera, em Villa Crespo, até a década de 1960. O Coreano e chinês tornaram-se linguagens significativas no início dos anos 1970, devido os imigrantes oriundos da Ásia.

Like what you see?

AMAUTA Spanish School
San Agustin 249
Cusco
Telefone. +51 84 242998
Emergência:
+(51) 992 561831
+(51) 953 271193 o 97
Whatsapp: 316 82193274

REFERENCIAS
Encontre-nos:
add chat to your website